"E fui para a escola de carrinha..."


Hoje demos um passo importante: o Quico foi pela primeira vez para a escola de carrinha escolar.

Só que isto tem muitos significados:
 
- Para o Quico isso significa um passinho para ser "igual" aos outros; depois, porque se esqueceram de trazer a cadeira reclinável, o Quico foi sentado numa cadeira do tamanho acima, daquelas quase sem apoios e na vertical, e foi todo o caminho sem cair a cabeça, a apoiar-se nos braços quando precisava e a travar quando o carro travava.

- Para mim, sempre pensei que as empresas não queriam levar miúdos com NE, tive esta alegre surpresa; foi um passo para o cortezinho no cordão umbilical, já que ao longo destes 5 anos sempre fui eu a transportar o Quico para a escola e terapias; e como não podia deixar de ser, mais uma despesa a cargo dos pais.

Mas a maior surpresa não pode deixar de ser o seu controlo numa cadeira em que nunca pensei que alguma vez pudesse usar, com o controlo de tronco e da cabeça e apoiar-se.
São estas pequenas conquistas que não vemos no dia-a-dia porque estamos sempre presentes à espera que de uma hora para outra se torne "impecável", mas que nos mostram que estamos a caminhar.




O que não foi surpresa mas é de salientar a sua maturidade porque não estranhou, não chorou e portou-se muito bem mesmo para quem vai fazer uma coisa totalmente nova e sozinho.

Sara 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Grande Papa e o não menos grande Quico

Shot de Limão - como se faz

O blogue fecha esta página