Mais de Terapia da Fala


Quando reiniciámos a terapia da fala em Fevereiro, a terapeuta disse-me que com o tónus do Quico podemos trabalhar outros sons.
Esclareça-se que o Quico não fala, emite alguns sons, quando dão músicas que gosta "canta", responde com sons quando chamamos ou quando fazemos perguntas, chama-nos quando quer. Mas são sempre os mesmos tipos de sons.
Então, na TF, 2x por semana, é trabalhada a oralidade, na CAA, 2x por semana, é trabalhado o acesso ao tablet.

No entanto, há já bastante tempo que não trabalhamos a estimulação oro-facial e a alimentação.
Ficámo-nos pela lei do menor esforço: o que interessa é alimentar. E por aí tornámos os alimentos mais pastosos e descurámos a mastigação.
E como se sabe, trabalhar todos os músculos faciais e melhorar a parte da alimentação vai também permitir que se façam mais sons e que estes possam vir a dar alguma oralidade.

Se andar ou sentar sempre foi a nossa grande meta, neste momento, a nossa prioridade é permitir que o Quico comunique. E por isso estamos a atacar todas estas vertentes, fazendo o que pudemos...

Assim, depois de receber alguns CVs e de fazer algumas entrevistas, acabámos por seleccionar uma nova TF que vem a casa várias vezes por semana fazer o treino de alimentação com objectivos definidos, e de quem estamos a gostar muito.

O que quero dizer com isto é que de facto às vezes temos que parar e pensar quais são as prioridades e fazer opões. O tempo e o dinheiro não dão para fazer tudo. E agora a nossa aposta vai ser esta... Vamos ver...

Sara 

 

 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Grande Papa e o não menos grande Quico

Shot de Limão - como se faz

O blogue fecha esta página