Estou numa nova fase da minha vida...

Estou numa nova fase da minha vida...

Na realidade a nova fase da minha vida começou há quase 5 anos atrás, quando deixei de ser advogada e passei a ser terapeuta, mãe a tempo inteiro, "pesquisadora-profissional", "inventora", motorista e outras coisas que nem me lembro; quando deixei de ser a melhor amiga das minhas melhores amigas porque passei a ser mãe quase a tempo inteiro; quando deixei de ser filha para passar a ser mãe. Mas não uma mãe normal. Não me considero nenhuma mãe especial (como nos costumam chamar) mas sim uma mãe diferente.

Há uns dias atrás, a meio da manhã, estava nos correios a devolver um switch que tinha comprado pela internet. E dei comigo a pensar: como é que as outras mães, "normais", têm tempo para fazer este género de coisas, como é que não andam sempre a  correr como eu?

Depois pensei, mas eu também sou uma "mãe normal", do Duarte. E qual é o trabalho que ele dá? ZERO!! O que é que eu tive que fazer pelo Duarte que tivesse que ser feito fora de um horário normal? Nada! A não ser a parte boa tipo ir à piscina ou ao jardim infantil.

Não menosprezo as "mães normais", adorava ser uma mãe normal. Mas de facto, ter um filho diferente, ocupa todo o tempo! Não há tempo para mais nada!

E como "não tenho tempo para mais nada", fui arranjar uma "nova fase"!

Levar adiante este projecto do Centro Infantil dá mesmo muito trabalho! Não é pensar e já está! E depois, tempo para tratar de tudo? E faço questão de ir conhecer todos os pais e meninos (alguns não consegui ainda...).

Acontece que, depois, pensar que podemos proporcionar aos meninos terapia de qualidade, ver outros meninos a dar os primeiros passos, o Quico a ganhar força no tronco, a comer musse de chocolate sozinho e controlar da cabeça, tudo compensa!

Estou feliz, posso errar em muitas coisas, mas poder dar ao Quico aquilo que neste momento penso que é o melhor para ele, deixa-me muito feliz mesmo!

Além disso, tenho uma super-sócia. Sou de signo peixes e por muito que seja segura tenho muitos momentos de indecisão. E a Marta tem o dom de nesses momentos "me dar folga"!

Agora, olheiras e cansaço são visíveis... almoços ou jantares de amigos inexistentes... pouco tempo para a família que está fora de casa...  tempo para namorar muito reduzido... Mas tudo tem o outro lado da moeda...

Sara 

 

Comentários

  1. Olá Sara, mas vais ter o reverso da medalha porque tu mereces.
    Ao ler as tuas palavras eu sou ao contrário quando foi do Simão queixava-me e nem sabia o que estava a dizer, não desarrumes como se eu não tivesse tempo para arrumar tudo. Agora quem me dera arrumar tudo da Maria mesmo não tendo tempo.

    ResponderEliminar
  2. Olá Sara, mas vais ter o reverso da medalha porque tu mereces.
    Ao ler as tuas palavras eu sou ao contrário quando foi do Simão queixava-me e nem sabia o que estava a dizer, não desarrumes como se eu não tivesse tempo para arrumar tudo. Agora quem me dera arrumar tudo da Maria mesmo não tendo tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade, até imaginamos coisas que eles fazem...
      Bj grd

      Eliminar
  3. Olá Sara,
    Não a conheço as conheço bem o "não ser normal". Os cansaços, as indecisões, as repreensões de quem não compreende mas acha que sabe, por ver de fora o que julgam que se passa cá dentro.
    Não vou dar conselhos, já deve estar farta deles, mas dou-lhe os parabéns! Pelo que é, pelo que faz, pelo mundo novo que está a construir.
    Continue, o outro lado da moeda ainda não é totalmente visível mas será um dia. E nesse dia, tudo valerá a pena... Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero mesmo que um dia o outro lado me sorria e seja contemplada por aquilo que mais quero na vida: a realização e saúde dos meus filhos, incluindo, claro, aqueles sonhos que julgamos quase impossiveis mas lá bem fundo temos muita esperança...
      Claro que com a entrada neste mundo das crianças diferentes começamos a olhar para todas e não só para os nossos filhos. E a realização desses meninos passou a ser também importante para mim e tendo a possibilidade de lhes proporcionar aquilo que acho que os pode ajudar, já é um reverso bom da medalha. Bj e obg pela força.
      Sara

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O Grande Papa e o não menos grande Quico

Shot de Limão - como se faz

O blogue fecha esta página