Tenho uma dor

Aqui fica o meu último texto no blogue da Firefly.
 
"...É uma dor crônica, é constante, vai doer até não sei quando. Ou melhor, sei. É uma dor que não vai deixar de doer nunca. É uma dor que revela a impotência, que se traduz em infelicidade. É a dor de ver o meu filho diferente, especial, ter uma deficiência, como lhe queiram chamar. É a dor de ver um filho que não anda nem vai andar, não fala nem vai falar, não come nem faz nada do que fazem as crianças da idade dele. E eu? Impotente! E com uma dor dilacerante, que me atravessa o coração, a alma..."

Texto completo: Tenho uma dor 

Sara 

Comentários

  1. Eu poderia muito bem vir até o seu blog e dizer para não se sentir assim, que somos fortes, e que a cada dia as coisas vão ficar melhores, que a gnt tem q agradecer que tem coisas piores, que a gnt podia estar com um filho na uti entre outras coisas, mas, compartilho infinitamente a sua dor que também é minha, que é toda nossa.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O Grande Papa e o não menos grande Quico

Shot de Limão - como se faz

O blogue fecha esta página