A Acupunctura e a mobilidade dos braços



As limitações motoras dos membros superiores do Francisco são muito grandes. De maneira que nunca sabemos muito bem se ele não quer fazer ou brincar com uma coisa ou se simplesmente não consegue e por isso desinteressa-se.
Este ano tem sido um ano muito difícil: apareceram as crises epilépticas que demoraram a desaparecer (se tudo correr bem não hão-de voltar), com o consequente aumento de medicação e da espasticidade (também com a introdução do Baclofeno que deu uma enorme apatia e hipotonia), 2 pneumonias, 7 vezes antibiótico.
Mas também, há cerca de 2 meses iniciámos um tratamento de Acupunctura especificamente para a mobilidade de braços e mãos.
Temos visto : mãos na cabeça, colheres na boca, levantar o braço e mão na utilização do Switch BigMac, carregar em vez de simplesmente esticar o braço.
Embora tudo isto seja feito com grande dificuldade e sem grande consistência (como gostam os médicos e terapeutas de dizer), a realidade é que objectivamente são coisas que ele nunca tinha feito.
Um dos objectivos diários (sem excepção) também tem sido trabalhar os braços de forma lúdica, por forma a estimular e criar atenção e momentos de prazer.
A tudo isto acresce que claramente há cada vez mais compreensão do que dizemos. Não há dúvida que nós nos estamos a fazer entender. Mais difícil é o Francisco fazer-se entender. Mas chegaremos lá... O que é preciso é não perder a esperança e acreditar!
Claro que nem todos concordam que o Francisco compreende, mas isto também outras mães sabem como é! São os "anormais" e esses não merecem aqui mais comentários!

Sara

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Grande Papa e o não menos grande Quico

Shot de Limão - como se faz

O blogue fecha esta página