Os próximos passos: novo colégio e Ramón Cuevas


Todos os anos, por esta altura, tenho por hábito fazer um balanço do ano do Quico e falar das terapias.
Este ano não foi muito diferente e por isso passo para aquilo que é o mais importante e para o lado que estamos virados: o futuro.
Porque algumas pessoas me chamaram a atenção para o desenvolvimento cognitivo do Quico, parte que tem vindo a ser menos "pensada" por mim, e porque o Quico já tem 6 anos, o próximo ano vai ser um ano de mudanças.
Vamos mudar de escola, para um óptimo colégio. Pensamos que, se é para desenvolver a parte cognitiva, não temos dúvidas que essa passa a ser a prioridade e por isso a aposta tem que ser num bom colégio. Claro que para uma criança sem necessidades especiais encontrar um bom colégio é relativamente fácil, para um miúdo como o Quico, isso tornou-se tarefa quase impossível. Mas eu disse "quase" porque afinal de contas lá conseguimos o colégio que queríamos, com algumas terapias incluídas e no Pré-escolar (para trabalhar muito os conhecimentos que já deviam estar adquiridos).
Por isso em Setembro colégio novo. Assim, vai obrigar a repensar os actuais terapeutas, a carga de terapias, etc.

E por falar em terapias, ainda vamos ver o que vai acontecer. Nas próximas 2 semanas vamos fazer CME-MEDEK com RAMÓN CUEVAS, o que vai certamente ditar o nosso futuro relativamente ao CME.
Por muito que sinta que seja a "mãe" do CME em Portugal, por ter trazido uma terapeuta do Brasil e por ter influenciado outros terapeutas portugueses a fazer o curso, e neste momento haja já muitos terapeutas a utilizar esta maravilhosa técnica em crianças de todo o país, a realidade é que o Quico já pesa 18 kgs (há muitos terapeutas que não fazem CME a crianças com mais de 10-12kgs que não tenham ainda equilíbrio), o que torna os exercícios mais difíceis para o terapeuta e para o Quico.
E assim, com o Ramón vai ser "ou sim ou sopas". Se for "sim" continuamos a fazer CME com os novos exercícios passados por ele e vamos concerteza ganhar outro ânimo. Se for "sopas", não há problema porque o Quico continuará a fazer Pediasuit, técnica que tem feito o Quico ganhar muito mais força de tronco e movimento de marcha. O que não é mau pois passamos a aplicar uma técnica só. Mas com pena porque me faz lembrar as viagens marcadas para Londres há muito tempo atrás para correr atrás do CME e depois desmarcadas, o que adiou e prejudicou certamente o Quico...
Portanto, seja de uma maneira ou de outra, estou tranquila mas expectante...

Relativamente a novas terapias, este ano parece que não vou inventar mais nada. Lolololol. Pois já encontrei o melhor que há na Educação Condutiva. Vamos ver o que podemos fazer aqui... Para já, contamos com a nossa querida Becky durante alguns períodos do ano!

E temos que voltar em carga (muito forte) na comunicação, o problema dos problemas!


SORTE, SAÚDE, PAZ e AMOR é o que desejo para o próximo ano do meu Quiquinho!
Sara 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O Grande Papa e o não menos grande Quico

Shot de Limão - como se faz

O blogue fecha esta página